dieta paleolitica

Entre as dietas da moda, você já deve ter ouvido falar da paleolítica, não é mesmo? A dieta Paleolítica ou Paleo segue a linha da alimentação LCHF (low carb high fat), pregando que o consumo deve ser da sua forma mais natural, priorizando o consumo de proteínas animais, gorduras, frutas, legumes, vegetais e eventualmente raízes. Na dieta Paleolítica exclui-se os grãos, especialmente o trigo. A ideia dessa dieta é ter uma alimentação como a dos nossos ancestrais do período Paleolítico, daí o nome da dieta. Os lácteos também devem ser evitados na dieta paleo.

 

Alimentos permitidos na dieta paleo:

  • Carnes (de preferência magras)
  • Hortaliças
  • Frutas de baixo índice glicêmico (IG)
  • Nozes, sementes e castanhas

  Alimentos não permitidos

  • Cereais (arroz, trigo, centeio, milho, aveia etc)
  • Leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha, soja etc)
  • Leite e derivados (leite, queijos, iogurte, manteiga etc)
  • Açúcar e produtos industrializados, processados ou refinados

Alimentos que devem ser evitados na dieta paleo:

  • Hortaliças com maior teor de carboidratos (abóbora, batata inglesa, batata doce, mandioca, batata baroa etc.)

 

Os nutrientes na dieta paleo

  • Carboidratos: consumo “reduzido”, cerca de 30 a 45% das calorias
  • Proteínas: consumo moderado, cerca de 15 a 30% das calorias
  • Gorduras: consumo “adequado”, cerca de 30% das calorias
    • Gorduras monoinsaturadas: devem ser a principal fonte de gordura!
    • Gorduras poliinsaturadas: devem ser a segunda principal fonte de gordura, com consumo balanceado entre ômega-3 e ômega-6
    • Gorduras saturadas: consumo moderado
  • Fibras: consumo elevado através de hortaliças e frutas

Essa dieta não é uma dieta hiperproteica como muitos dizem, a proteína na dieta paleo é mantida em quantidades normais. O que aumenta na dieta Paleolítica é o consumo de gorduras. Os carboidratos são diminuídos, mas não são cortados, pois existe o consumo de frutas de baixo IG, verduras e eventualmente de raízes, o que teria um efeito de controle da insulina que resulta em ganho de saúde e perda de peso.

A dieta paleo prega que os homens das cavernas alternavam períodos de jejum com refeições fartas, sendo assim não há necessidade de pesar e contar calorias. A dieta paleo prega ainda a prática de exercícios físicos e, principalmente, diz que são proibidos os alimentos industrializados, pois se deve ingerir apenas o que pode ser caçado ou encontrado na natureza.

 

Vantagens da dieta paleo:

  • É rica em fibras, proteínas, vitaminas, minerais e antioxidantes.
  • Oferece uma grande quantidade de óleos poliinsaturados essenciais (ômega 3).
  • Exclusão de comida processada e industrializada.
  • Tem um baixo consumo de sal.

Desvantagens da dieta paleo:

  • A carência de carboidratos pode resultar em falta de energia.
  • Não está adaptada à vida moderna. Apesar da prática de exercício físico, o homem moderno não gasta tanta energia como o que viveu na era do Paleolítico.
  • Implica uma monotonia na alimentação.

A dieta paleo  pode causar o conhecido efeito sanfona devido à rápida perda de peso nas primeiras semanas. Você deve sempre estar atento às suas exigências nutricionais.

 

Bônus: A dieta  LCHF (Low-Carb/High-Fat)

A sigla LCHF representa “Low-Carb/High-Fat”, uma dieta rica em gorduras e com redução de carboidratos. Outros nomes dados a essa dieta é a Dieta Low Carb ou Dieta Cetogênica. Nessa dieta não se sugere diretamente a exclusão de todos os cereais, leguminosas e leite como grupos alimentares. A restrição desses alimentos acaba acontecendo “naturalmente”, já que os mesmos são fontes consideráveis de carboidratos. O que mais chama atenção tanto na dieta paleo quanto na dieta LCHF é a importância de comer sempre comida de verdade, excluindo totalmente os alimentos processados e industrializados – como farinha de trigo, açúcar, óleos vegetais refinados (canola, soja, milho, girassol), entre outros.

Atenção: Antes de sair fazendo dietas por conta própria, sempre procure um nutricionista, ele saberá te orientar da melhor maneira para alcançar teus objetivos.

Nutricionista Aline de Andrade

dieta paleo