Tapioca: Mitos e Verdades por trás da moda

Home/Nutrição/Tapioca: Mitos e Verdades por trás da moda

Tapioca: Mitos e Verdades por trás da moda

tapioca-mitos-e-verdades

Hoje vamos falar um pouco dos mitos e verdades por trás de mais uma moda da alimentação: a veneração da tapioca e a condenação do pão. Resolvi escrever esse post depois de tanto ouvir frases como “só como tapioca e não emagreço” e ler textos como “trocar o pão pela tapioca ajuda a emagrecer”, “tapioca: a grande aliada da dieta”. Pesquisem “tapioca” no google e verão.

Como outras modas da alimentação, quem não entende acaba apenas seguindo a onda, e quem entende parece esquecer até mesmo do básico. Então vamos lembrar o básico:

 

O que é tapioca?

A tapioca é feita da goma de mandioca, é o polvilho umedecido, polvilho é amido, sendo assim é um carboidrato. É um alimento que contém poucas fibras, é pobre em nutrientes e sendo uma farinha altamente refinada possui alto índice glicêmico (IG). Relembrando de forma rápida: diferente de alimentos de baixo índice glicêmico como a famosa batata doce, que possuem uma absorção mais lenta, fornecendo energia contínua e uma elevação mais estável e lenta do açúcar no sangue, um alimento de alto IG como a tapioca possui liberação rápida, estimulando a liberação do hormônio insulina no sangue afim de controlar os níveis glicêmicos, o que tende a favorecer o acúmulo de gordura.

 

Então tapioca não é um bom alimento, certo?

Errado! É uma boa fonte de carboidrato, sem conservantes, corantes, de fácil digestão e o mais importante: por não conter glúten é uma excelente alternativa para pessoas com intolerância ao glúten e celíacos (OBS: estima-se 1 em cada 200 brasileiros). Tapioca é fácil de preparar e pode ser uma boa opção para auxiliar no ganho de peso e para lanches pós-treino. Uma dica para controlar o índice glicêmico da tapioca é recheá-la com alimentos com proteínas, gorduras e fibras. Assim o esvaziamento gástrico ficará mais lento e o pico insulinêmico menor.

 

Tapioca X Pão

Se você não é intolerante ao glúten ou celíaco e o assunto é nutrientes ou não engordar, não podemos dizer que a tapioca é melhor que o pão. E mais, definitivamente ela não é melhor que um pão 100% integral. Um pão integral é muito mais nutritivo que a tapioca, seu índice glicêmico também é muito menor, possui fibras e proteínas e contém menos carboidratos por porção.

Exemplo pegando um pão integral (100g) “Trigo e Linho da Seven Boys” e a tapioca comum (100g):

Tapioca: 240 kcal, 3g de proteínas, 54 g de carboidratos, 0g de fibra, índice glicêmico ~115.
Pão: 218kcal, 19g de proteína, 30g de carboidrato, 11g de fibra, índice glicêmico ~65.

 

Resumindo

Tapioca é uma delícia, uma excelente alternativa para celíacos, e uma boa opção quando o objetivo é ganho de peso e demanda elevada de carboidratos. No entanto, se o seu objetivo é redução de gordura corporal, é improvável que a tapioca seja uma opção recomendada ou uma aliada. O café da manhã da celebridade X ser tapioca, ela aparecer no programa Y ou todos estarem trocando o pão pela tapioca não fazem dela uma salvação, mas mais uma moda, assim como a condenação do pão é um terrorismo nutricional. Se você gosta, não precisa deixar de comer sua tapioca com moderação. Porém, como de costume, dê preferência a alimentos mais nutritivos e menos refinados, e sempre que puder, busque orientação profissional.

tapioca-de-frango
By | 2017-06-04T13:29:30+00:00 julho 5th, 2015|Nutrição|46 Comments

About the Author:

A Nutricionista Aline de Andrade, é graduada pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, mestranda em Ciências da Saúde na UFCSPA e nutricionista do Ambulatório de Nutrição Esportiva UFCSPA.

46 Comments

  1. Augusto 06/07/2015 at 20:45 - Reply

    Muito esclarecedor!
    Com uma escrita bastante objetiva, fica claro entender as informações técnicas. Parabéns!

  2. Claudio 22/07/2015 at 17:51 - Reply

    Muito bom Aline. Parabéns!

  3. marilene 02/09/2015 at 18:03 - Reply

    Adoro pão. Descobrimos ao acaso e depois foi confirmado p médico a intolerância ao glúten e paßsamos a usar farinha de tapioca e arroz E todos os similares minha filha está ótima Eu comecei agora a melhorar e até minha pele ficou melhor sem falar nos sintomas … mas confesso si to falta do pãozinho E se fosse só por estética não mudaria. Sua explicação foi de grande valor.

    • Márcia 28/11/2015 at 01:33 - Reply

      Obrigada pelas informações detalhadas sobre o conteúdo nutricional da tapioca….como um lanche,de vez em quando,com um cafezinho,tudo certo….

  4. Marina 25/11/2015 at 16:26 - Reply

    Aline, sabendo que o glúten faz mal para a saúde e também que no preparo de um crepe com farinha tapioca (por exemplo) a quantidade de farinha usada é pequena (pois é polvilhada com a peneira formando uma fina camada na frigideira, com relação a índice calórico, a farinha de tapioca não seria menos calórica que fazer um sanduíche com 2 fatias de pão? (considerando que o recheio seria o msmu e com proteína e salada)

    • GILMARA DE FREITAS CARVALHO 21/07/2017 at 20:22 - Reply

      O glúten não faz mal a saúde e sim, àqueles que possuem a doença de cronn !

  5. Anônimo 25/11/2015 at 16:42 - Reply

    Não concordo quando vc diz que a tapioca não é um excelente alimento.

  6. Isabelle 25/11/2015 at 17:08 - Reply

    Sempre preferi pão mesmo, tinha deixado de consumir por causa da propaganda acerca.da tapioca. Obrigada pelo texto!

  7. Rafaela 25/11/2015 at 18:37 - Reply

    Ganho de peso? Estou a 4 meses jantando tapioca com queijo branco e perdi 7kg…

    • Anônimo 27/11/2015 at 19:19 - Reply

      Você está jantando uma refeição leve…
      Se comesse a mesma quantidade (peso) de arroz e feijão, legumes, verduras, frutas e alguma proteína animal (100g, somando tudo), provavelmente perderia esses mesmos 7 kg em 4 meses.
      (mas é mais fácil acreditar que um único alimento é mais milagroso que reeducação alimentar)

  8. Anônimo 25/11/2015 at 19:13 - Reply

    Texto bem explicativo, escrito e estruturado

  9. Gabriela 25/11/2015 at 19:44 - Reply

    Excelente matéria! Como tudo na nutrição, não se pode generalizar.. Algumas pessoas vão perder peso usando a tapioca e outras não, exatamente como acontece com pão integral, frutas, saladas, e outros alimentos indicados nas dietas por algumas nutricionistas. O negócio é se conhecer e ter orientação. Obrigada dra!

  10. elandia cesar maria candida da sila 25/11/2015 at 22:03 - Reply

    Afinal a tapioca almenta o açuca no sangue?

  11. Thalyssa 25/11/2015 at 23:54 - Reply

    Adorei ! Super esclarecedor e o texto simples, mas com bastante informações.

  12. vagner 26/11/2015 at 02:11 - Reply

    Simplesmente excelente ,otima materia. Esclarece pra nós sobre a batata doce.

  13. Erilda rocha 26/11/2015 at 10:17 - Reply

    Simples, objetivo e esclarecedor. Obrigada pela ajuda.

  14. Anônimo 26/11/2015 at 13:04 - Reply

    Eu substitui o pão pela tapioca a 6 meses e já perdi 10 kilos. A autora da matéria esqueceu de mencionar os benefícios da tapioca como por exemplo ela não tem glúten que usado em excesso causa muitos problemas a saúde como inflamação do organismo e aumento da gordura abdonimal, ela é rica em vitamina K que fortalece o funcionamento neural, rica em vitamina B e em Ácido Fólico, rica em potássio que reduz as chances de ataque do coração e AVC, rica em cálcio e ferro , reduz as chances de osteoporose… Bom poderia escrever muito mais benefícios mas paro por aqui, por isso discordo que o pão mesmo integral possa ser mais saudável que a tapioca… Só temos que ter cuidado com o recheio e o excesso tanto para a tapioca quanto para o pão pois quem opera milagres é apenas Deus!

    • Carlos Santos 09/12/2015 at 23:02 - Reply

      Foi só o pão que você mudou em sua dieta? Que pão você substituiu? Quanto? Não se iluda, tapioca não é um alimento milagroso e sim tem um índice glicêmico maior que o pão!! Rica em nutrientes? Que fonte você está utilizando?? Inflamação devido ao excesso de glúten do pão? Quando besteira…!!

  15. Allinne 26/11/2015 at 15:22 - Reply

    Ola, boa tarde!
    Eu sempre achei que a tapioca ajudaria quem quer perder peso, mais vejo que não é bem assim, teria no caso alguma recomendação para quem,quer perder peso?

  16. Thanius 26/11/2015 at 18:15 - Reply

    A afirmação que a tapioca é “sem conservantes” não corresponde à realidade. Dificilmente encontraremos no mercado tapioca sem conservante. Caso contrário, ela não conseguiria resistir meses nas gondolas dos supermercados. É só olharmos os fatos: a base para a tapioca é amido de mandioca e água. O amido resiste sim por muitos meses sem conservante, porém a adição de água faz com que as bactérias se tornem ativas, fazendo com que o alimento estrague em uma semana, no máximo. É como o arroz, que seco dura muito, mas uma vez que já foi acrecida água, dura apenas alguns dias e sob refrigeração. Qualquer tapioca que não diz que contém conservantes em sua composição e tem uma validade prolongada, ou está com informações erradas ou foi embalada à vácuo, por exemplo, mas um vácuo realmente eficaz, o que é muito difícil de encontrar no mercado brasileiro.

    De qualquer maneira, a quantidade de conservantes é muito baixa para causar qualquer problema ao organismos. Sendo assim, não tira nem um pouco a saudabilidade do alimento. Só ajuda que ela chegue a uma quantidade cada vez maiores de pessoas, o que em uma população com hábitos pouco saudáveis como a brasileira, é uma boa notícia.

    E sobre o pão 100% integral: a maioria contém açúcar, não? A quantidade não é grande, se compararmos ao pão branco normal, mas dentro de uma dieta em que o açúcar está presente em quase todos os alimentos, pelo menos não tê-lo no carboidrato que já seria transformado em açúcar, seria um ponto a mais para a tapioca, correto? Seria um carboidrato que é transformado em energia + açúcar no sangue contra outro carboidrato, que apesar de ter mais proteínas e fibras, tem açúcar refinado, que se somará ao carboidrato. Uma tapioca com chia e linhaça e um recheio de frango, ovo ou queijo, pro exemplo, já suplementaria as vantagens do pão integral.

    • Diego 22/12/2015 at 14:39 - Reply

      Existe sempre uma longa discussão e até briga quando se fala em alimento saudável ou não, uma hora é ótimo, outra atacam com pedras e paus. É bom ser moderado em tudo e, sim complementar os alimentos. Não acredito em equilíbrio em termos de alimentação, acredito em balanceamento, um pouco pra um lado, ou pouco para o outro, equilíbrio é uma grande mentira.

      Sou alérgico a farinha de trigo, seja integral ou até sem glútem, rs, meu problema é a farinha de trigo, como essa estranha alergia só foi se manifestar na fase adulta, o médico me pediu para usar integral e foi pior do que a farinha pura. Existem tratamentos para voltar a comer farinha, mas nada funcionou direito comigo, então tive que largar. Tapioca foi sim a salvação, a opção milagrosa, mas é bom ver além dos números, entender quais as necessidades do corpo e o que torna não o alimento, mas a refeição, mais saudável e balanceada, afinal, se eu passar uma semana comendo alface no almoço e no jantar, meu corpo vai gritar em desespero, o mesmo se for comer no McDonald’s, de olhar, por ter salada, carne e pão, pode-se achar que é um alimento bem balanceado, mas basta saber um pouco mais sobre alguns componentes que qualquer ilusão desaparece na hora.

      É bom aprender a ir além do básico dos alimentos pra não se ferrar numa rinha entre pão e tapioca

  17. wilma rodrigues 27/11/2015 at 06:53 - Reply

    Vamos ouvir a opinião de Bela Gil!

  18. Mariana Jacob 27/11/2015 at 10:30 - Reply

    Oi pessoal, assim como a autora do texto, também sou nutricionista esportiva. Achei o texto muito bacana. Em nenhum momento ela colocou a tapioca como uma alimento ruim, quem perdeu peso após trocar o pão pela tapioca, talvez não tenha percebido, que também modificou outros hábitos alimentares e de vida. Nao é apenas a tapioca ou a dieta sem glúten que irá determinar a perda de peso. O glúten só causará inflamação e etc, caso o indivíduo seja celíaco ou intolerante. O objetivo deste texto foi desmistificar a tapioca e tirar o pão “do limbo”, o que a autora conseguiu desenvolver e concluir de uma forma muito objetiva. Temos sempre ter em mente, que cada caso é um caso, não é porque fulano faz e da certo que para todos os outros será igual, essa é a maravilha da genética! Seria uma maravilha se todos os textos da área da nutrição fossem baseados em fatos científicos!

    • Anônimo 28/11/2015 at 13:14 - Reply

      Falou tudo

  19. Martín 28/11/2015 at 12:10 - Reply

    Muito claro!

  20. Fernanda 28/11/2015 at 15:16 - Reply

    Li todo o texto com muita atenção,o que foi citado no texto foi “pão integral X tapioca ” porque não mencionaram o pão francês????!? Digo isto pq já tentei dar pão francês integral pra meu filho e ele não aceitou,então outra pergunta,qual o mais saudável a farinha de mandioca ou farinha de trigo??? Qual melhor carboidrato para ser consumido????

  21. Jacileide 28/11/2015 at 23:54 - Reply

    Acredito que o que vai deixar a tapioca menos leve e o recheio. Eu busco preparar minha farinha de tapioca em casa, molho a farinha com o suco feito de cenouras, beterraba ou espinafre, acrecento também um colher um pouco de chia. Assim ela fica mais nutritiva e sem conservantes. O recheio e sempre um queijo branco ou requeijão Laigt com oregano ou salsinha..
    Não sei se estou errada no meu preparo.
    Aceito dicas.
    Obrigada.

  22. Maf Mueller 29/11/2015 at 10:19 - Reply

    Meu Deus por isso que estou cada dia mais gorda…. eu achando q iria perder estou so ganhando peso.
    Obrigada por explicar de fato o que eh a tapioca para quem deseja perder peso e se iludiu com a tapioca.

  23. Leka Letthys 04/12/2015 at 14:16 - Reply

    O texto foi bem esclarecedor, Adoro tapioca e pão integral, só acho que tudo em excesso engorda, vc não vai engordar só pq come tapioca rs, concordo que ela não tem fibras, mais já vi em outros sites que colocar chia e linhaça já ajuda!

  24. Kalu 05/12/2015 at 19:49 - Reply

    Adorei o texto! Eu vendo Nutrioka – massa de tapioca nutritiva, umedeço a fécula da mandioca com suco natural e concentrado de vegetais, e na hora do preparo capricho nas pitadas de chia, gergelim torrado, manjericão e outras ervas. Nunca incentivei meus clientes dizendo que o consumo diário de tapioca emagrece. Mas eu noto que os clientes fixos, tem hábitos diários de atividade física, são pessoas que preocupam-se com a saúde e bem-estar e não acreditam em milagres, assim como eu.
    facebook.com/nutrioka.com.br

  25. carol 16/12/2015 at 02:18 - Reply

    Eu amo tapioca no meu café não pose faltar jamais, pois perdi 15 kilos fasendo uma dieta balanceada e exercícios físicos,….vai do geito da pessoa rechear sua tapioca..

  26. Jorge 22/03/2016 at 21:09 - Reply

    Oi, Aline. Parabéns pelo site. Há 10 dias, troquei o pão francês pela tapioca.Como com ovo ou batata doce. Gostaria de saber se a tapioca prende os intestinos ou não afeta em nada ? Se puder, veja este vídeo do Dr. Lair Ribeiro. Acho que ajudará vd também. Aguardo sua resposta. Obrigado. Grande abraço.

    https://www.youtube.com/watch?v=dPM1V1cQFAU

  27. Andre D.F 31/03/2016 at 00:35 - Reply

    Nossa Doutor (a) por em pratica o que os Nutricionista fala não pe facil,, eu sei que guloseimas faz mal,,,mais não é facil não fica sem comer ..nem que for uma vez por semana..
    Mas a minha alimentação em geral é de frutas , legumes e verdura..
    Abraços de http://nutricionistaonline.webxp.com.br

    Muito boa sua matéria ..parabéns

  28. Marsia Dolores Serrano Sansón 03/10/2016 at 20:19 - Reply

    Olá estou interessada em saber a fonte do IG da tapioca, porfavor

  29. Luiz 06/12/2016 at 13:08 - Reply

    Prefiro o carboidrato de alto índice glicêmico da tapioca do que qualquer alimento que tenha derivado do trigo , ainda mais pão integral , quanto mais integral mais glúten , o glúten é altamente maléfico a saúde e abre portas para futuras doenças ! Contra fatos não há argumentos !

  30. isaias 11/01/2017 at 13:24 - Reply

    De todos os comentarios, o mais relevante ao meu ver foi do Luiz em 06/12/16. O povo está sendo iludido com o pão integral, que ao meu ver é pior do que o pão branco. Assim como o ovo era o vilão, tem gente condenando a tapioca. Ora minha mãe fritava ovo banhado em óleo de soja. Hoje eu frito ovo no melado do óleo de côco, comendo de 2 à 4 por dia. Meu trigricerides deu excelente Não que eu esteja defendendo a tapioca, visto que vira e mexe tenho feito experiencias comigo mesmo medindo a glicemia depois de ingerir certo alimento. Mas o que tem de tranqueira e excesso de gluten nesses pães integrais não está escrito. Por que se não fosse o gluten, o pão ficaria bem seco.

  31. isaias 11/01/2017 at 13:26 - Reply

    Outra observação é a espessura da tapioca. Eu particularmente forro o fundo da frigideira. Tem gente que faz tapioca com 1 cm de espessura.

  32. Vit 03/02/2017 at 18:13 - Reply

    Quanto ao pao integral, eu sou totalmente contra devido aos antinutrientes…. E ao pessoal que tem rosacea doenças inflamatorias e fadiga crinica cortem o gluten e vera a melhora

  33. danielleedanielle@hotmail.com 21/02/2017 at 22:31 - Reply

    Em contrapartida, o pão, mesmo o integral é feito com trigo transgênico(modificado) e cheio de conservantes…Com reações desconhecidas à longo prazo!!!!
    E a tapioca, produzida com mandioca in natura, totalmente salutar em sua composição!!!!
    Cada um decida o que trazer p dentro de si.

  34. Carlos Alberto da Silva 26/02/2017 at 08:06 - Reply

    Bom dia ! Eu estou numa batalha preciso perder 8 cm de cintura. Isso para entrar num programa de saúde na empresa e o maior é demonstrar boa vontade para comigo.

  35. Charles 16/03/2017 at 16:47 - Reply

    Agora fiquei na dúvida, eu havia passado um tempo trocando o pão pela tapioca e perdi peso. Mas, acabei enjoando de comer a mesma coisa todo dia e desisti; retornando recentemente. Considerando o que você publicou no artigo, não seria a tapioca útil para perder peso por uma questão de quantidade? Por exemplo, eu jantava antes 5 pães francês ou 10 fatias de pão de forma branco; depois troquei por 3 a 4 fatias de pão integral (me pareceu que sustentava igual); e depois troquei por uma tapioca (mesmo saindo da mesa com fome no começo, depois acostumei).

  36. Joao Sergio 08/04/2017 at 07:44 - Reply

    Aline,
    Gostei muito e até reproduzi no Portal Leveconsciencia.com.br

    Queria convida-la para conhecer.

    João Sergio

  37. Karine Motta 03/05/2017 at 06:50 - Reply

    Uau amei.. obrigada

  38. La Health Coach Rocío Río de la Loza asegura que son calorías bebidas
    y debes prescindir de su ingesta siquieres perder peso en menos tiempo.

  39. GILMARA DE FREITAS CARVALHO 21/07/2017 at 20:34 - Reply

    A tapioca é infinitamente mais saudável que o pão que consumimos. Por serem fabricado nas padarias, nos supermercados e nas indústrias possuem componentes químicos tais como fermento, conservantes e etc e sem falar que são ricos em sódio. Acrescentar e/ou substituir o pão industrializado irá nos fornecer uma alimentação mais saudável. A sociedade indígena sempre consumiu tapioca é a perda de peso precisa estar associada mudança de hábitos alimentares com uma atividade física, que pode ser uma caminhada. Pensar em perda de peso objetivando alimentos de alto ou baixo índice glicêmico tem sido um equívoco generalizado por profissionais de saúde. Alimentação saudável deve estar além disso tudo.

  40. Jurandir 12/08/2017 at 00:50 - Reply

    A fécula mandioca pode causar câncer do aparelho digestivo?

Leave A Comment